quinta-feira, 31 de julho de 2008

O vicio da tecnologia.

Práticamente um mês sem escrever.

Abandono? Não. Falta de criatividade? Talvez. Preguiça? Ai sim.


Hoje temos um grande problema em nossas vidas, que é o vicio e a dependência da tecnologia em quase tudo que fazemos. Um exemplo claro disso sou eu. Faz praticamente um mês que estou sem computador e agora, sem internet. Isso me impediu de escrever e atualizar os textos do blog. Mas impediu por que?

Tá ai uma pergunta difícil de responder. Poderia muito bem escrever a mão e depois passar rapidamente em um computador em alguma lan house ou em casa de amigos...mas não, o vicio da tecnologia nos faz depender de nossa máquina, de não querer usar o computador alheio para massacrar de escrever.

É ,tenho escrito muito ultimamente, mas no papel é diferente do computador. Os erros no papel são grotescos, e a higiene do texto então,como um pseudo-jornalista, é algo que nem quero comentar.


Mas o blog não está abandonado apenas por minha culpa não. Meu amigo e pseudo-companheiro de QUARTO PODER também não se anima a escrever. É esse maldito vicio da tecnologia que temos hoje,em que preferimos jogar um Tibia, Play Station do que fazer um texto, ler algo que realmente importa na internet (Não jogo nenhum jogo,nunca gostei de video game).


Bom,mas agora tenho o Acessa SP. Um bom programa do governo do estado que libera internet para as pessoas terem acesso gratuito, sem limite de tempo.


Localizado no Pq da Juventude,onde era o presídio do Carandiru, o AcessaSP tem mais de 50 máquinas, 12 hs de funcionamento( das 8 até as 20hs), oficinas para quem não sabe ou sabe pouco o funcionamento dos programas básicos do computador e impressão gratuita.


Fica aqui o meu muito obrigado a esse programa,sem o qual hoje ainda teria que depender de amigos para fazer( ou deixar de fazer) meus textos.


Pedro Ferraz

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Conheça os candidatos para Prefeito de SP

Foi divulgada hoje a lista dos candidatos para a eleição de prefeito da cidade de São Paulo. Ao todo, onze candidatos concorrerão em outubro o voto dos idi...ops, do povo de São Paulo.

Com chapa única, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin foi escolhido como candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo. O candidato à vice será o deputado Campos Machado, do PTB. A chapa tem o apoio do PSL, PHS e PSDC.

O PT apostou em Marta Suplicy, que desta vez acredita que fará um bom trabalho(sic) Ela terá como candidato a vice o deputado federal Aldo Rebelo (PC do B). Eles disputarão a prefeitura pela coligação "Uma nova atitude para São Paulo", formada por seis partidos: PT, PC do B, PSB, PDT, PTN e PRB.

O atual prefeito Gilberto Kassab do DEM concorrerá à eleição, já que ele não entrou por voto direto, era vice de José Serra. O partido está coligado com o PMDB, que indicou Alda Marco Antônio para vice. A chapa tem o apoio do PR, PV, PSC e PRP.

O deputado federal Paulo Maluf (PP) tentará mais um mandato na prefeitura. A deputada federal Aline Corrêa será candidata a vice. O partido não se coligou.

Soninha Francine do PPS concorrerá em chapa única,sem alianças, tendo como vice o cineasta João Batista Andrade.. É a primeira vez que o PPS lança um candidato próprio para a prefeitura de SP.

O Partido Comunista Brasileiro (PCB) terá como candidato o professor universitário e doutor em economia pela Unicamp, Edmilson Costa. A candidata a vice será a jornalista Fernanda Mendes, de 37 anos, ligada ao movimento humanista e ao movimento negro do partido.

O deputado federal Ivan Valente será o candidato do PSOL

O PRTB homologou a candidatura do presidente nacional do partido, Levy Fidelix, à prefeitura. O candidato à vice será o advogado Marcelo Duarte.

O PTC lançou a candidatura de Ciro Moura, vice-presidente nacional da legenda. Ele terá como vice o vice-presidente nacional do PT do B, Toni Rodrigues. O Partido da Causa Operária (PCO) disputará as eleições com Anaí Caproni. Ela terá como vice o estudante Roberto Gerbi, militante da ala jovem do partido.

O Partido da Mobilização Nacional (PMN) lançou a candidatura de Renato Reichmann à prefeitura. O advogado Lucas Albano completa a chapa da sigla como candidato a vice.

Agora cabe aos eleitores de SP o voto consciente para que a cidade não caia no abandono como tem ficado nas ultimas 4 eleições. Veremos se o povo vai esquecer dos escândalos de Paulo Maluf, dos desvios e túneis alagados de Marta Suplicy e da precária administração tucana durante 12 anos no estado, tendo a educação o ponto mais excluído do partido. Quem veio de escola pública sabe como é.

Nas últimas eleições municipais, em 2004, a disputa pela prefeitura de São Paulo teve catorze candidatos. Dentre eles, quatro estão disputando novamente: Marta Suplicy, Paulo Maluf, Ciro Moura e Anaí Caproni.



Pedro Ferraz, com informações do TSE, Folha de SP e G1

terça-feira, 1 de julho de 2008

Hipocrisia

Segundo a Associação Antipirataria Cinema e Música (APCM), 48% do setor fonográfico é tomado pela pirataria. Essa porcentagem responde pela perda de mais de 80 mil empregos formais, queda de mais de 50% no faturamento do setor e perda na arrecadação de impostos de R$ 500 milhões anuais no país.

Ainda de acordo com a associação, 59% dos DVDs comercializados no país não são originais e, globalmente, os estúdios de cinema perdem US$ 6,1 bilhões com a pirataria (US$ 1 bilhão somente na América Latina). Os principais responsáveis por esse prejuízo são a cópia de filmes piratas (39%) e o download pela internet (38%).

Logo depois de saber disso a gente pode muito bem ir a qualquer loja de informática e comprar um CDR ou um DVDR, além de um gravador de CD/DVD.

Como é possível combater a pirataria sendo que a própria empresa fabrica e comercializa diversos produtos em pró da mesma?

Será que só a frase”Pirataria é crime” vai ser o suficiente?

Para os fabricantes parece que sim


Pedro Ferraz

Preconceito contra o estudante

Não é de hoje que o mercado de trabalho demonstra um grande preconceito perante os estudantes. Não digo apenas o preconceito de cor, mas tudo pode ser motivo para um estudante não conseguir uma vaga de emprego.

No último dia 25/06, o site comunique-se (www.comuniquese.com.br) postou a seguinte oferta de emprego:

Vaga de estágio no departamento de Comunicação Social

Projetos/Atividades: Levantamento de informações;
Apuração e pesquisa;
Cobertura de eventos.
Bolsa Auxilio Mensal: R$600,00 + TR + VT
Início: Imediato
Formação: Comunicação Social - Jornalismo
Cásper Líbero/Puc/Metodista/EGA
Conhecimentos de Informática: Word, Microsoft outlook, Internet
IDIOMAS: Alemão Fluente
Inglês Fluente
Período Integral

Empresa - Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha

Contato - Ricardo Alves********(formprof@ahkbrasil.com)



Ok, agora vamos por partes.

Eu concordo que a empresa queira um profissional qualificado, que hoje precisamos ter cada vez mais cursos e conhecimentos para o mercado de trabalho. Mas ai entra o preconceito.

“Formação: Comunicação Social - Jornalismo
Casper Líbero/Puc/Metodista/EGA”

O que impede um aluno da Uniban de ser um bom profissional?

Porque um aluno da Casper Líbero é melhor do que um da Uni Sant´anna?

Pelos textos escritos, não é bem assim que funciona.

Participei da Semana Estado de Jornalismo, do jornal O Estado de São Paulo,e confirmei que os alunos da Cásper Líbero,Puc, Metodista têm o mesmo pensamento:

“A minha faculdade é de tradição, tem nome e por isso não preciso me esforçar.”

Resultado, muitos profissionais formados sem qualificação necessária para o oficio, afinal, pagando bem o diploma vem.

Posso afirmar que alunos das chamadas “Uni´s” são mais esforçados, praticam muito mais o jornalismo do que de faculdades tradicionais. Como sabem que não estão em uma faculdade que tem peso no nome, tem que correr de outra forma, como cursos, blogs e jornais independentes.

Fica minha pergunta , indignada,para os responsáveis pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha:
A empresa consegue provar que um aluno das universidades exigidas são mais capacitados do que de outras?



Pedro Ferraz


Contador Grátis