sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Marília...já perdia conta

Pois é. Às vezes o destino prega uma peça grande na gente.
Estava tudo certo para eu ir até São Paulo hoje, iria conversar com o Álvaro sobre abrir um jornal aqui em Marília e iria ver uma pessoa bem querida.
Como muitos (poucos) sabem (ou não), eu vim a Marília para fazer o teste no jornal diário e acabei sendo recusado. Normal, jornalismo é isso mesmo, muitos nãos até chegar a um sim.
Quando foi umas 17 horas de ontem, recebi um telefonema do editor do jornal vendo se eu poderia fazer um frila de dois dias no jornal, por conta de funcionários de férias.
Fiquei bem contente, pois meu trabalho por um lado foi reconhecido, mas fiquei meio chateado porque queria muito ir a São Paulo nesse final de semana.
Enfim, agora é fazer o trabalho e depois pensar em chegar a São Paulo.

Ontem novamente caiu uma chuva absurda por aqui. Mas tem uma coisa que acho bem bacana.
Além da vista do meu apartamento ser para o Vale, eu vejo a chuva chegando e tomando conta da cidade, a cidade aqui é limpa. Não se vê sujeira nas ruas e o reflexo disso é que não tem enchentes na cidade.
Tudo bem, já escrevi dizendo que casas caíram e tudo mais, porém nenhum alagamento é detectado por aqui, afinal o povo Mariano(estranho mas é assim mesmo quem nasce em Marília) sabe que lixo no esgoto causa alagamento.

E nós de São Paulo achando que eles são caipiras...

Nenhum comentário:


Contador Grátis