quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Teclar

Um abc no meu peito coubesse
Eu tirava de lá um S
Quando a saudade viesse eu cortava esse S
Em cada pedaço um anzol
Só precisava de um guarda-sol
Eternamente contigo num branco lençol.

A cartomante uma carta me desse
Eu queria que um rei viesse
Eu me casava contigo no dia de reis
Mas a feiticeira do mal
Ela desmantela meu carnaval
E me separa de ti quando chega o Natal.

Teclar, alguém me teclar
Telefonar ou trocar um olhar
Deixar recado ou bater no meu quarto.

Ah, se me desse uma chance a magia
Que noite de fantasia
Alguém me olha, confia
Me leva pra casa
Me ama, depois adormece
Fosse um ladrão, eu seria capaz
Seu coração eu roubava, tirava-lhe a paz.

Sabe a Virgínia daquele janeiro?
Casou-se com um motoqueiro, paixão e pouco dinheiro
Feliz habitava abrigo do banco central
Quando o assalto do dia se dá
No tiroteio amamenta e lê seu jornal.

Um comentário:

Suellen Roth disse...

aahhhh!!!!a mais linda do Haih or Amortecedor, com certeza!!!!
Só para fazer invejinha....vi duas vzs ao vivo esse som no mês passado...;P


Contador Grátis