domingo, 30 de maio de 2010

3ª Mostra de Cinema de Marília


Bom, conforme combinei, falarei um pouco mais da mostra de Marília.

Na sexta-feira os curtas foram fantásticos. Destaque para "Blecaute", do Daniel Rezende. Muito bom, a atuação do Wagner Moura e do Augusto Madeira foram detonadoras. A história se passa no congresso nacional. Dois deputados sobem a um local para fumar maconha, a conversa toma rumos e várias falcatruas são reveladas.
"Silêncios e Sombras", uma animação do Murilo Hauser me remeteu aos meus pesadelos frequentes que tive na infância. Foi bem estranho,mas muito bom também.

Depois dos curtas(foram quatro,mas apenas falei aqui dos destaques) veio o filme "Se Nada Mais Der Certo". Muito legal, mas tive que sair na metade por motivo de força, vontade e necessidade maior.

Ontem eu vi apenas os curtas. Um aqui merece destaque. "Cães", de Aldler Paz e Moacir Gramacho. Sério, um curta muito maluco, Sid Barret total. P/B de extrema qualidade, fotografia fantástica e enredo matador. Sério gente, quem puder ver esse curta, vale a pena demais.

Outro curta bacn, porém nada demais, é "Homem-Bomba", de Tarcisio Laura Puiati. Dois meninos em uma favela no Rio conversando sobre ser homens-bomba. O problema é que está ficando massante essas histórias de favelas no Brasil, filmes e docs que sempre tratam disso... Sei lá, parece que a fórmula deu certo uma vez e todos copiam. Gostei bastante do final, lembrou o livro "Blecaute", do Marcelo Rubens Paiva.

Hoje é o último dia da mostra, e de noite escrevo as novidades maiores.

Nenhum comentário:


Contador Grátis