sábado, 2 de outubro de 2010

Outros Planos

- Onde eu fui parar? Me mandaram cobrir a guerra no Afeganistão?

(Um homem, com o rosto cheio de feridas, se aproxima)

- Tá falando comigo?

- Pode ser com você. Dá pra me dizer onde estou?

- Aqui é o umbral.

- Umbral?

Você tá morto, meu amigo! Não se ligou ainda?

- Morto?

- Morto e todo lascado. Aqui no umbral o bicho pega. Não viu o filme, não?

- Que filme?

- Nosso Lar.

- Ah, o dos espíritos? Putz, eu até queria assistir, mas fiquei esperando a cortesia da assessoria de imprensa. Mais fácil morrer do que conseguir um ingresso.

- O umbral só tem gente ferrada, barra-pesada. Suicida, político, advogado. Você é o quê?

- Sou jornalista. Repórter e crítico de TV. Ou melhor, eu era. Sei lá.

- Vixe, jornalista tá cheio aqui.

(Silêncio. Os dois sentam-se lado a lado)

- Mas por que o bicho pega?

- Maior dificuldade pra tudo: pra comer, pra dormir. Você nunca consegue ver sua família. Leva porrada da chefia o dia inteiro.

- Porra, com isso eu já tô acostumado. Vai trabalhar numa redação de hard news pra ver o que é bom! Lascado eu tava quando era vivo.

- Cê tá falando sério?

- Claro que eu tô. Esse umbral tá parecendo até bem tranqüilo.

(Silêncio longo)

- E você, o que fazia quando era vivo?

- Eu era ex-participante de reality show. Do Big Brother.

(O jornalista gargalha)

- Caraca, e você tava falando mal de jornalista.

- Peraí, eu não falei mal de jornalista. Só falei que tava cheio de jornalista aqui.

- Sei.

- E você, crítico de TV, nem me reconheceu, hein?

- Já viu quanta ferida tem aí na sua cara? Sem ferida, já seria difícil reconhecer.

- Sei.

(Mais um longo silêncio)

- Ô, ex-BBB, já que você manja tudo de umbral, me diz uma coisa: onde fica o boteco aqui? Tô começando a ficar com fome e sede.

- Boteco? Aqui não tem isso, não!

- Não brinca! Nem um vernissage, uma boquinha-livre?

- Que nada.

- Porra, aí complica.

(O jornalista abaixa a cabeça. Depois, a balança negativamente)

- Tô começando a achar que Afeganistão não seria tão ruim, viu?

- Oi?
-------------------------------

Esse texto foi tirado do maravilhoso blog Desilusões Perdidas que fala do dia a dia de um jornalista. Ótima leitura

Nenhum comentário:


Contador Grátis