domingo, 9 de janeiro de 2011

Cultura agressiva

Belo Horizonte é uma cidade que respira cultura. Tem de tudo e, por incrívelque pareça, é muito maior que São Paulo o investimento cultural.

São Paulo pode ter a Virada Cultural anualmente, mas no resto do ano, é complicado conseguir teatro e shows com preços acessiveis. Sou de SP e sei muito bem o que é isso.

Ok, a capital financeira do Brasil tem seus extremos. Mas BH está me surpreendendo.

Começou no dia 4 de janeiro o Fesstival de Teatro de Belo Horizonte. O intuito é popularizar essa arte, com ingressos que variam de R$5,00 até no máximo R$12,00 . Isso eu falo que são peças que geralmente custam mais de R$50,00 para ver.

Agora para ter uma ideia do tamanho do festival, ele vai até o dia 3 de Março. Muia coisa para se ver.

No dia 6 eu fui ver um monólogo sobre São Francisco de Assis e o Rio São Francisco “Francisco de Assis, de nós a foz”. Muito forte, o ator se cortava em cena, trocava o figurino no palco mesmo. Pena estar muito vazio, afinal por dia são mais de 12 peças no mesmo horário.

Além disso, terão vários shows aqui também, entre eles Ozzy e Doro. Todos com preços menores de R$100 , pois em Belo Horizonte, existe uma lei municipal que diz que “a entrada mais barata de um evento não pode ultrapassar 10% de um salário mínimo.

Boa cultura a todos nós. E penso que deveria ter chego aqui em Maio, como o ricardo sempre me falou.

2 comentários:

Anônimo disse...

Tudo acontece no tempo certo.
Chegou na hora exata, que deverias chegar.
O que vivemos são momentos de preparação, para encontrarmos a felicidade.
A felicidade tá ai...sejas feliz

Anônimo disse...

Jah que é assim, quero ir pra BH, uai!

Azul


Contador Grátis