quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Todos os caminhos levam para a Afonso Pena

Se quem tem boca vai a Roma, quem tem o cartão do BHBus vai até a Afonso Pena.

Olhando o mapa da cidade e vendo o itinerário dos ônibus, percebi que é dificilse perder em BH. Quer dizer, é dificil não chegar ao centro.

Mesmo não sendo a avenida principal da cidade, praticamente toda a frota de ônibus de BH para pela Afonso Pena. Mas lá chegando, fica fácil demais se perder. O cidade confusa viu…



Tá rolando um festival de teatro aqui em BH. Chama-se “37ª Campanha de Popularização do Teatro”. Os ingressos variam de R$5,00 até R$12,00 com direito a meia-entrada. O problema é que os inteligentes organizadores colocaram todas as peças no mesmo horário. Ou seja, se alguém se interessa em vir até BH para ver teatro, terá que ficar bons dias para aproveitar tudo.

As peças são ótimas, mas esse negócio de tudo no mesmo horário é complicado.



E a Doro cancelou o show de BH. Alias, a terrível produtora resolveu colocar o show dela no Rio ao invés de BH. Resultado, se no Kiss foram 12 mil pessoas, quero ver se na Doro terá um público maior de 12 pagantes. O Queensryche não colocou mil pessoal dentro do ClaroHall…Lamentável os produtores de metal hoje…Monopólio ridiculo.

Um comentário:

Rose Dayanne disse...

No Maranhão, todas as vias me levavam a Afonso Pena...


Contador Grátis