terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Veja essa II

Fazia tempo que uma postagem minha não fazia tanto barulho. Recebi emails ofensivos que vocês não fazem ideia.

Alias, ofenças é o que mais fazem no meu blog, afinal, é o ÚNICO lugar onde tenho liberdade para escrever o que EU QUERO. Por isso é um blog e não uma mídia profissional mesmo.

E respondendo um comentário, trabalhei para um jornal comprado pelo PSDB, e até hoje não tiveram reclamações minhas como jornalista. Como falou no comentário, algo relacionado a que não serei um bom jornalista por não gostar da Veja, acredito que quem gosta da Veja é que não merece confiança. fica a dica

Mas quero esclarecer uma coisa.

O porque que eu não gosto da Veja e das outras revistas semanais. São revistas que tomam partido, não existe informação nelas, apenas a “verdade” que o cunho político fala para ter.

Não gosto do jornal O Estado de São Paulo, mas achei muito digno da parte do editor escrever no editorial que estava apoiando o candidao José Serra. Claro que jornais e revistas devem ser imparciais, mesmo isso não existindo no jornalismo, mas o que O OESP fez foi não enganar o leitor.

Não fez igual a Veja que bate na tecla de “compromisso com a informação e a imparcialidade”, como a Abril sempre fala. Grande mentira isso.

A Veja já foi uma revista que teve um pouco de respeito, mas hoje, não serve nem como leitura de sala de dentista. Quer uam dica? A revista Caros Amigos, que não toma partido, não é imparcial, mas pelo menos mostra os dois lados. Se tem um colunista PSDBista, terá um Ptista também. Ai o leitor quem tira sus conclusões.

Portanto, os emails que chegaram, e os comentários ofensivos nunca me atingirão, só vão mostrar o quanto o ser humano é estúpido em não respeitar a opinião alheia.

Ps. Faça uma pesquisa e veja se tem alguém com menos de 40 anos que le a Veja. Até pessoas instruídas. Pode apostar que a revista está cada dia mais decadente. É só perceber que 62% de seu conteúdo é publicidade.

Nenhum comentário:


Contador Grátis