terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Pré Carnaval em BH

Ao contrário do meu bilau, as descobertas em Belo Horizonte só aumentam.

Estava com o Ricardo em casa quando fomos encontrar uma amiga, a Naiara(Dum) em um bar na região da Savassi. Uma pequena observação, a Savassi é uma região onde tem muitos bares e é bem agitada, mas é muito elite.

Ao chegarmos ao local do encontro, nos deparamos com um grupo de umas 30 pessoas tocando bateria, daquelas de escola de samba. A agitação era um tanto tímida, mas bem bacana. Tive até a surpresa de ver uma japa. Sabe o que é encontrar uma japonesa em MG?

Mas tinha algo muito diferente nisso tudo. A bateria tocava sem parar, as pessoas dançavam, cada um em seu lugar, sem aqueles exageros de carnaval ou passistas. Mas o público era muito civilizado.

Acredito que 90% estava com cerveja na mão, e nenhuma latinha foi jogada no chão, todas no lixo. Nenhum catador e, com o pensamento paulista infectado pelo pensamento mariliense, nenhum trombadinha rodeando as pessoas. Realmente o clima era de festa e alegria, o que o carnaval tem de ser mesmo!

Agora semana que vem, espero finalmente conhecer Ouro Preto.

Até mais ver!

3 comentários:

Anônimo disse...

Ouro Preto é massa demais, homi!!!

Anônimo disse...

Carnaval,tem que ser sinonimo de alegria, infelizmente a minoria curte o carnaval como deve ser...Que bom que encontrou essa oportunidade de apreciar o verdadeiro carnaval.

Suellen Roth disse...

Carnaval é PSICODÁLIA e vou ficar um tantinho menos feliz por vc não estar lá.
Fica para o ano que vem!!=)


Contador Grátis