sábado, 26 de novembro de 2011

Filho de peixe, peixinho é: Kassab, que saiu do partido mais corrupto do Brasil para fundar o seu, pode ter seus bens sequestrados pela Justiça

Tirei de um blog que perdi o link, desculpe-me

O político Gilberto Kassab se filiou ao DEM (ex-PFL) em 1995 e ascendeu politicamente ao fazer parte da chapa encabeçada pelo José Serra (PSDB) para a prefeitura de São Paulo nas eleições de 2004. Com a saída de Serra da prefeitura para disputar o Governo do Estado e posteriormente a Presidência da República, Kassab assumiu o mandato e conseguiu se reeleger em 2008.

No início de 2011, Kassab decidiu sair do Democratas e fundar seu próprio partido, o PSD (Partido Social Democrático). Mesmo cortando relações com o DEM, o partido mais corrupto do Brasil, segundo dados do TSE, o Gilberto Kassab prova que a expressão “filho de peixe, peixinho é” é verdadeira:

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), foi acusado pelo Ministério Público do Estado de ter cometido ato de improbidade administrativa ao se envolver em fraude de inspeção veicular. Na ação da procuradoria, o MP pleiteia o “ressarcimento de danos ao erário público e ao particular”, a suspensão do contrato com a Controlar, concessionária que realiza a inspeção veicular na capital, o sequestro de bens do prefeito e outros envolvidos como garantia da reparação dos danos causados e o afastamento dele do cargo. A ação também pede o afastamento do prefeito.

Nenhum comentário:


Contador Grátis