quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Um passarinho me contou

A história muitos já sabem. Sofro pressão por conta de denunciar um certo escrivão que recebeu propina de um certo "advogado", que nem OAB tem.

Tive que sair de Foz por conta disso, mas a história não deve acabar por ai.

Segundo informações de um passarinho confiável, foi aberta uma investigação interna na polícia civil de Foz do Iguaçu para averiguar as informações dadas pelo blog Quarto Poder. Até agora, não recebi email, notificação alguma sobre isso. Estou no aguardo e posso cooperar sempre que a polícia precisar, porém precisarei de proteção, já que até o Diretor do jornal O Iguassu pediu para eu retirar do blog porque estava falando de um amigo dele... Enfim, o caso é diferente agora.

Segundo minha fonte que vou preservar para não dar mais problemas, o escrivão caso seja condenado, afirmou que não cairá sozinho, que vai mais gente com ele. Ou seja, uma quadrilha pode ser desmontada em função de um post desse mero blog sujo(adoro essa denominação,eu falo sério).

Isso deve doer para alguns blogueiros que têm a garganta presa com o capeta, afinal sempre quiseram fazer algo notável, mas apenas batem sem motivo e tendenciosamente, pois os mesmos blogs ficaram calados com a denuncia de propina dentro da Polícia Civil.

Sinceramente, se tudo isso acontecer, vou deixar a modéstia de lado e falar que mereço um prêmio de jornalismo. E um jornalismo real, não daqueles que gente que tem blog e abre um jornal falam que é. Formado em 2008, já passei por algumas situações um tanto delicadas por conta de blogs, sendo até agredido por uma turma de um dep federal. Agora, vem essa denúncia e, para desespero de alguns, não vou parar por aqui.

Infelizmente não estou mais em Foz do Iguaçu para poder dar continuidade com os fatos, mas ainda tenho algumas fontes e, além disso, tenho uns emails que me passaram que aos poucos vou divulgando,para que todos saibam o caráter da imprensa iguaçuense...

Qualquer dúvida, meu contato é o pedrovferraz@hotmail.com

Nenhum comentário:


Contador Grátis