sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

O Enem só não funciona para a grande mídia

Tentando desqualificar o Exame Nacional do Ensino Médio, a imprensa tenta a todo custo derrubar o candidato a prefeitura de SP do partido dos trabalhadores Fernando Haddad. Ex-Ministro da Educação, Haddad fez trabalhos que antes eram inimagináveis.



Vejamos os fatos.

O Enem hoje é a principal porta de entrada para os jovens nas universidades,  96% dos estudantes apóiam a idéia de um vestibular único, vide a pressão que sobressai na época das provas.  E não é só isso.

A prova fica mais difícil a cada ano. Perguntas mais elaboradas, principalmente sobre atualidades mundiais. Mas a grande imprensa não vê isso.

Alias,a mesma grande imprensa não viu que a culpa do vazamento das provas foi da gráfica da Folha de São Paulo(clique aqui para ler). Condenada pelo ato, a Folha tenta culpar de qualquer forma Haddad. A Folha fica sem argumentos e pauta-se para o ódio desqualificado.

O Enem funciona. Funciona tão bem que todas as universidades dos ninhos tucano (MG, SP e PR) utilizam a nota do exame como primeira fase em seus vestibulares. E isso não é lei, é escolha própria.
Mas o Enem não é ruim? Não é mal administrado? A mídia não coloca para baixo vazamento de provas(ação da FSP), ou então correções duvidosas?

O eleitor de SP será metralhado com mentiras na Veja, Folha de SP e Estadão. E se não acordar, terá mais uma vez, prefeito como Kassab, José Serra e essa corja que administra a capital, e que deixou essa cidade abandonada. 

Nenhum comentário:


Contador Grátis