quarta-feira, 7 de março de 2012

Editora Abril terá que pagar indenização por chamar ex-presidente Collor de “corrupto desvairado”

Nathália Carvalho( Portal C-se)


O artigo de opinião intitulado “O Estado Policial”, publicado na revista Veja, em março de 2006, trouxe à Editora Abril uma multa de até R$ 500 mil. O texto comparava as atitudes dos governos Collor e Lula e, um dos trechos, falava sobre as “traficâncias” de Collor e o chamou de “corrupto desvairado”. O texto opinativo foi escrito pelo jornalista André Petry.



Isso mostra o tamanho da mediocridade da publicação da editora Abril.

Não é de hoje que a Veja não merece respeito algum. Não serve nem pra cachorro fazer cagada. A Veja é uma revista tendenciosa, que não faz jornalismo, faz o que chamamos de terrorismo midiático.

Apenas pessoas que não têm opinião própria acreditam na publicação. Uma coisa é ler, outra coisa é acreditar. A Veja publica mentiras, faz invasão de privacidade (antiético e sem moral alguma) e apoia declaradamente que o Brasil seja aliado aos Estados Unidos e torne-se uma potência de pobreza e  vendas de riquezas ao exterior.

Não quero defender o Collor, longe disso. Mas uma revista que trata qualquer pessoa com ofensas, denigre a imagem, por pior que seja a pessoa, já não pode ser chamada de informativa. A Veja mente. Omite quando as merdas do PSDB aparecem (até a lista dos livros mais vendidos foi omitido o livro A PrivatariaTucana,de Amaury Ribeiro Jr.)e qualquer espirro de alguém ligado ao ex-presidente Lula é motivo de capa de revista e pedido de CPI.

A Veja é a mesma publicação que faz campanha contra o ensino de Filosofia e Sociologia(hoje, ciências sociais) pois segundo a publicação, não agrega em nada ao ensino do aluno. A Veja ainda tem a cara de pau de falar que os alunos da USP só querem fumar maconha, e que faculdade é feita apenas para estudar.
Nota  do blogueiro – Qualquer pessoa que vai para a faculdade só para estudar, torna-se um profissional medíocre.

Portanto, é muito apropriado falar “Veja,não compre. Se comprar, não leia. Se ler, não acredite. Se acreditar, relinche”.
Com a descoberta das safadesas de Demostenes DEM/GO, essa capa foi absurdamente desmentida

Nenhum comentário:


Contador Grátis