segunda-feira, 30 de abril de 2012

ARAPONGAS DE CACHOEIRA PRESOS SECAM FONTE DO "JORNALISMO" INVESTIGATIVO DA REVISTA VEJA.

Do blog BondeBlog

Carlos Cachoeira está preso, os elementos que integravam a sua "equipe" de arapongagem, e que durante muitos anos mantiveram "estreito" relacionamento com a REVISTA VEJA através do redator e jornalista Policarpo Jr., também estão atrás das grades.

Com isso o que se pode constatar é que o "Jornalismo Investigativo" da Revista praticamente desapareceu.

Desde que a Operação Monte Carlo foi desencadeada que a REVISTA VEJA não produziu mais nenhuma de suas matérias escandalosas e, mais do que nunca agora, altamente suspeitas de serem manipuladas e visando a atender interesses nem sempre os mais honestos e compatíveis com o bom jornalismo.

Ainda faltam muitas gravações e documentos para serem revelados. Dizem as pessoas bem informadas e que possuem acesso em primeira mão ao conteúdo dessas gravações, que nas mais de 200 horas de conversa "não fiada" envolvendo Cachoeira, seus arapongas e Policarpo Jr. ainda há muito o que ser alvo de uma boa "análise". Até agora já ficou provado que a relação entre eles era muito próxima, que Cachoeira procurava evitar contato direto entre Policarpo e seus arapongas e que decisões e liberação de "bombas' fossem feitas para o jornalista sem que algo em troca fosse negociado. Cachoeira teve interesse direto em várias matérias que VEJA publicou.

Fica difícil de entender que a REVISTA VEJA  que sempre quis bancar a PALMATÓRIA DO MUNDO, especialmente do Governo e do PT, ao longo de todos esses anos nunca desconfiasse das relações de Cachoeira com DEMóstenes e Perillo, e que tenha "embarcado" de forma inocente numa tentativa de derrubar o governador AGNELO QUEIROZ, com base em fatos inverídicos que lhe foram passados pela equipe de arapongagem.

Se a REVISTA VEJA e o jornalista Policarpo Jr. cometeram algum crime e ultrapassaram barreiras éticas do bom jornalismo, ainda é algo que precisa de ser bem apurado. Nada de precipitações e açodamento, pois o que eles querem é posar de mártires, perseguidos e calados, cerceados como veículo de imprensa.

Uma coisa é certa, quanto ao JORNALISMO INVESTIGATIVO DA REVISTA VEJA, A FONTE, DIGO, CACHOEIRA, SECOU !

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Tucanos se bicam, a vingança do malvadeza e a enganação em São Paulo



O clima dentro do PSDB não está bom há muito tempo. Na verdade, o racha começou quando Alckmin foi escolhido para ser o candidato à presidencia, e Serra abandonou a prefeitura para ser governador.

Desde então, Serra trama conta todos que o contrariam. Nas eleições presidenciais de 2010, o alvo foi Aécio Neves, ex- governador de Minas Gerais e atual senador do Rio de Janeiro, mesmo sendo eleito por Minas Gerais.

A guerra foi grande. Espionagem, desafetos em público e até um artigo atacando diretamente Aécio, com o título "Pó parar,Governador", na analogia que todos em Minas Gerais dizem que Aécio Neves seja usuário de cocaína.

Agora é a vez da revanche. Aécio é o nome mais forte(ou então o único nome) para concorrer à presidencia em 2014. José Serra, pelas baixarias e armações em 2010, não tem moral dentro do partido para tal feito. E para isso, Aécio começou a botar a boca no trombone. Ou melhor,no microfone.

A Folha de São Paulo trabalha claramente para o PSDB. Parece mais um boletim informativo do partido do que um jornal própriamente dito. E para isso, Aécio usa para ter visibilidade por todo o Brasil, já que o jornal é o segundo mais lido, perdendo apenas para o popular AQUI, de Belo Horizonte.

Aécio escreve as segundas-feiras, sempre batendo no governo federal. Já está em camapanha.

Agora, Aécio usa a mesma arma de Serra contra Serra. A imagem de José Serra está desgastada, porém em São Paulo, ambiente tradicionalista e elitista, a chance ainda existe. Mesmo o povo sabendo que foi culpa de Serra a gestão de Gilberto Kassab, mesmo ele tendo assinado que iria cumprir os quatro anos de mandato como rpefeito e tendo abandonado com menos de dois, o paulistano é capaz de colocá-lo novamente como administrador da capital. Aécio agora faz declarações, totalmente direcionadas para assim mostrar um poder, talvez imaginário, dentro do ninho tucano.



Aécio declarou que Serra pode sim, ser o candidato do partido para concorrer em 2014. Isso mostra que o partido ainda está rachado. Uma declaração como essa serve apenas para atrapalhar a campanha na capital paulista. E perder a capital paulista, depois de tantos anos, tendo ainda o governo paulista por 20 anos. O PSDB está cada vez mais destruído. E o pior, pelos próprios membros do partido.

A declaração de "Aécinho Malvadeza", como ele é conhecido em Minas Gerais, mostra um outro lado também. O lado que o eleitor de são Paulo pode ser, novamente e nada fora do normal, enganado pelo PSDB. José Serra pode, afinal, sair para concorrer ao governo novamente, deixando a cidade nas mãos de um novo Kassab.

Vamos lembrar, josé Serra tem 70 anos, é um candidato de ontem com ideologia de anteontem. Na campanha para este ano, ele vai ter o discurso de inovador. E eu acho que ele inova, não cumprindo seus mandatos por completo desde 1995; ter assinado um compromisso em rede nacional e agora falando que isso nunca existiu; de ter falado em uma quinta-feira que nunca ouviu falar em Paulo Preto e dia seguinte falar que o mesmo era um homem digno; inovar na mais safada das armações como a da bolinha de papel, que resultou em tomografia.

José Serra é o grande inovador. Pena que só pelo lado antiético.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Serra quer provar que o povo de SP é ignorante

Tiririca já falou. "Me elegi por São Paulo, e não na minha terra, porque só aqui temabestado suficiente". Eu ainda completo. "Suficiente o bastante para deixar o PSDB 20 anos no governo, ajudando apenas a elite do estado". Esta última, claro é de minha autoria.

Serra agora quer provar que o povo de São Paulo é ignorante. "Inovação é o nome da nossa gestão", disse o ex-governador José Serra (PSDB) em conversa com líderes comunitários da Lapa, zona oeste da capital, na quinta-feira. Na disputa pela Prefeitura, o tucano vai se apresentar como um administrador moderno para fazer frente às críticas dos adversários, que tentam lhe impor a imagem de político antigo.

Inovação seria se ele cumprisse ao menos uma vez o mandato que foi lhe dado, seja por confiança( como Ministro da época do Canabis Man) ou por voto popular (prefeito de SP,que abandonou nas mãos de Kassab).

Pior de tudo, é que o povo de São Paulo realmente pode provar o quão ignorante é, elegendo este senhor para a prefeitura. Claro que ele não vai sair para se candidatar ao governo ou a presidência. O PSDB já articula os nomes para isso. Aécio Neves(aquele que bebe, pega um carro com documento vencido, com a habilitação vencida) é o nome do partido para concorrer ao planalto. Não precisa ser nenhum gênio para prever mais uma derrota tucana.

Veja este parágrafo que o jornal Estado de SP (Serra Prefeito) colou:

A marca de inovador será um dos motes da fala de Serra na propaganda do PSDB paulista na TV, que vai ao ar a partir de sexta-feira. O tucano gravou sua participação no domingo, 22. O antídoto também começou a ser aplicado nas conversas do candidato com os cidadãos. Ao defender seu legado à frente da Prefeitura e do governo do Estado, Serra tem destacado projetos que considera ousados - como a expansão da Marginal do Tietê - e marcas criadas por ele - como a Virada Cultural. "Modéstia à parte, se vocês olharem o que a gente fez, a quantidade de inovação é imensa - e vamos continuar nessa direção", disse aos eleitores.

Bom, a informação é mentira. A Virada Cultural é projeto de Marta, quando prefeita, idealizada nas noites parisienses. Fora que Serra é um político de ontem, com ideias de anteontem. Basta ver, qualquer manifestação em São Paulo, o governo PSDB manda a polícia meter a bala de borracha nas pessoas. Não importa se é mulher,criança, o que importa é que não haja manifestação e que tudo pareça na melhor ordem.

Para um aprtido que tira famílias a bala de um terreno, para dar um desconto de mais d eum milhão para Naji Nahas, e o mesmo terreno ser transformado em cracolândia, não podemos esperar muito também.

Mas o povo de SP é ignorante. Sempre batem no peito dizendo que o problema são os nordestinos na cidade, mas é o povo que vota no PSDB. Os nordestinos? Bem,estão lá trabalhando e a maioria não transfere o título, já que sabem que a cidade é fadada ao elitismo fracassado.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Alckmin afirma que contratos de quase 40 milhões que ele mantém com a Delta são ínfimos

Do portal Macro ABC

Contando obras já finalizadas, o governo Alckmin pagou à empresa R$ 23,9 milhões. Desse total, R$ 11,8 milhões foram creditados em 2011 e outros R$ 12 milhões, em 2012 (até a última quarta).

Você meu querido leitor, já imaginou se algum poítico do PT fosse o governador de São Paulo e tivesse declarado a imprensa que tem contratos "ínfimos" de quase 40 milhões com a máfia do bicheiro Carlinhos Cachoeira? Pois o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), disse, e parece que a imprensa achou tudo muito normal

A Delta tem ao menos dois grandes contratos em vigor com o Estado: um de R$ 29 milhões para construção de piscinões antienchente na Grande São Paulo e outro de R$ 11,9 milhões para obras de infraestrutura e urbanização na Unicamp.

Contando obras já finalizadas, o governo Alckmin pagou à empresa R$ 23,9 milhões. Desse total, R$ 11,8 milhões foram creditados em 2011 e outros R$ 12 milhões, em 2012 (até a última quarta).

Cara de pau esse Geraldo!

Na Câmara, Alckmin disse ainda que a CPI do Cachoeira não pode ser usada para perseguições políticas.

"Não pode ter utilização política, nem para desviar atenção, nem para perseguição de partidos ou pessoas", afirmou ele.

Pois é. Quando é com o PSDB,Geraldo Alckmin se apressa em mandar recado a CPI. Mas quando foi com o Lula, até familiares do Presidente foram perseguidos pelos tucanos.

terça-feira, 17 de abril de 2012

Direito de Resposta

Eu, que luto pela democracia na mídia, reclamo dos jornais, claro que não poderia dizer não a um pedido de resposta sobre o teor de postagem no meu blog.

Sou responsável pelo que escrevo, porém não do que muitos entendem(ou acreditam que entendem).

Thaísa Wagner, citada no post anterior, queria que eu retirasse do ar a postagem, porém mais do que isso, o melhor é dar o espaço para resposta.

Segue o e-mail encaminhado hoje, as 15h

Um grande mal entendido, acho que é assim que posso expor o que aconteceu para que o infeliz comentário publicado nesse blog fosse feito.
O sr. Pedro Ferraz, postou há algum tempo certas opiniões que, em uma primeira leitura, me pareceu uma ofensa direta à minha cidade natal Foz do Iguaçu, que eu prezo tanto.
Em defesa à minha cidade, fui conversar com o sr. Pedro, e no meio da conversa, depois de ofensas de ambas partes, coloquei o infeliz comentário, em tom irônico (o que não dá pra ser interpretado quando escrito) que foi publicado.
Quero deixar claro que eu não sou a favor de nenhum meio de corrupção, pelo contrário, sempre aprendi em casa que tenho tudo que se almeja, é preciso lutar, trabalhar para conseguir e que tudo que vem fácil, vai embora da mesma forma, fácil. E é por isso que eu trabalho, estudo, para obter o que desejo.
Diferente dos comentários que eu li, não preciso me envergonhar da minha família, pois foram eles que me ensinaram que honra e moral não se compra e respeito é conquistado através de atitudes honestas, foram com esses princípios que cresci. Presenciei minha vida toda meu pai falando que não podemos nos vender, que não devemos "prostituir" os nossos valores, que eles têm que ser mantidos firmes, não importa o que venha acontecer, nem mesmo o preço que tenha que se pagar para defender o é certo e justo.
Vi minha família passar por dificuldades financeiras e ser muito prejudicada por não ceder às propostas que contrariavam à ética e à moral. Sempre aprendi que não há dinheiro no mundo que pague um sono tranquilo e que devemos sempre ser honestos para manter a nossa moral ilibada.
É muito fácil olhar um mero comentário isolado e tirar suas próprias conclusões sem saber de todo o contexto que ensejou, uma besteira impensada não pode definir uma pessoa e seu caráter.
Não tenho a pretensão de ser perfeita, somente em manter os meus valores intactos, e em razão virtude disso que fui conversar com o proprietário deste blog, pois acreditava que estava me deparando com uma situação de injustiça com Foz do Iguaçu, principalmente quando ele disse que a cidade estava fadada ao coronelismo.
Com o finco de ser justa e não deixar abalar a moral da cidade que tanto quero bem, foi que ensejou toda essa história torta.
Não quero me prolongar, apenas deixar claro que realmente fui ingênua ao realizar o comentário publicado e que isso não é o que eu penso e não condiz com os valores que aprendi em casa e que tenho tão enraizado, pois como todo cidadão deve ser, sou uma militante contra a corrupção em todos os níveis e que luto pelo que é justo até na fila do supermercado, no troco da padaria errado, e não admito que pessoas sejam prejudicadas por ambição de outras.
Termino aqui a minha resposta em relação ao artigo publicado pelo proprietário deste blog e deixo claro que tudo não passou de um mal entendido, uma atitude ingênua que calhou em um grande transtorno.

Resumindo.

Ela, ao ler meu blog, entendeu que falei mal da cidade. O que não é verdade, pois eu falei da maneira que a imprensa e os blogueiros se comportam em Foz do Iguaçu.

Tivemos debates, embates, ambos partiram para ofensas e deu nisso tudo.

Nesse espaço, deixo claro que não vou retirar nenhum teor, porém o blog está aberto para respostas.

Isso é democracia.

Espero que tudo esteja esclarecido, e que agora meu DEBATE com Thaise torne-se apenas papos leves e descontaídos.

Realmente, ela fex um comentário infeliz, com a cabeça quente de raiva do que conversávamos pelo Facebook.

Agora são águas passadas. Ou assim espero

O bandidismo unido

A confusão em Foz do Iguaçu levando meu nome parece não ter fim.
Vou explicar.

Denunciei um escrivão da Polícia Civil que pediu propina. Com isso ,vieram ameaças de pessoas próximas a ele. Uma dessas pessoas é José Reis, conhecido como Cazuza, diretor do jornal O Iguassu e "calunista" do blog Garganta do Diabo. (foto)


Dentre as ameaças, a primeira foi para eu tirar do blog a postagem falando sobre a propina pedida pelo escrivão.

"Acabo de ver que o Pedro manteve. Cara, independentemente dos erros de terceiros, acredito que não é justo com as pessoas que lhe ajudaram (e que sofrerão consequencias com os atos do Pedro) o que ele fez e está fazendo, o que, no mínimo, é falta de consideração com quem ajudou em hora de dor de barriga... Perdoe minha sinceridade, mas é lamentável da parte dele".

Aqui ele pediu para tirar a postagem para um terceiro. "independente do erro de outros". Para quem tem o discurso de moralista e ética sobre a poítica de Foz do Iguaçu, fica de mãos dadas com o bandidismo. Lamentável de minha parte foi ter o texto falando da propina. Mas ainda vem mais...

Até ai, nada demais, porém nos últimos dias, ele que me chama de jornalista falido(mas precisa fugir para o Paraguai para não ser encontrado pelo credores e desafetos), falou que era bom eu não estar em Foz pois assim eu iria apanhar.

Veja o conteúdo do email

"...mas aproveitando o ensejo, esta pessoa não tem nenhuma condenação criminal, a não ser a que levou pela suura no Língua, pena que não estás por aqui, pois te mostraria como foi.... Kkkk,"

Ou seja, me ameaçando a dar uma surra.

Eu não me incomodo por ameaças deste homem, afinal, muita gente veio me apoiar sobre o que fiz e, sinceramente, se ele está tão preocupado com a denúncia que fiz, deve ter o rabo preso.

O que me surpreendeu não foi isso. Foi isso






Essa Thaísa Wagner me mandou essa mensagem no Facebook. "Não ficar se incomodando com a propina dos outros..."

E eis que descubro. Ela é filha do ex-secretário de esporte da cidade, Emerson Wagner. Não o conheço, não tenho a menor ideia do  trabalho dele em Foz, mas se sua filha diz isso, ou ela não teve uma educação muito boa ou é extremamente inocente em falar algo desse tipo.

Ainda sobre minha denúncia, recebi esse comentário de Alessandro Vaz Gonçalves




Realmente, a denúncia que fiz doeu para muita gente. E deve doer mais ainda, pois se as ameaças não pararam, certamente vai vir mais bomba por ai.

E eu to aqui, a beira mar, rindo da situação e vendo que o bandidismo da mídia, inclusive da terra das três fronteiras, pode ir para o ralo em breve. Assim espero

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Dilma no Estados Unidos


por Rodrigo Vianna
Vendo a Dilma nos EUA, reunida com Obama, eu me lembro daqueles emails da época da última campanha eleitoral, que diziam: “a terrorista não poderá visitar os EUA, será barrada”. Quanta barbaridade. Não esqueçamos nunca do que a turma do Serra foi capaz de fazer. O aborto (a mulher do Serra em pessoa, segundo o “Estadão”, disse numa passeata que Dilma era a favor de matar criancinhas), a bolinha de papel que Ali Kamel quis transformar em atentado, a ficha falsa, os boatos…

E agora está a Dilma lá nos EUA, enquanto o Serra sua pra ganhar prévia na disputa pra Prefeitura. O Brasil se livrou de uma encrenca!

A turma que acusava Dilma de “abortismo” transferiu sua ira pro Supremo Tribunal Federal. Alguns pastores e bispos católicos (entre eles, aquele bispo dos panfletos, de Guarulhos) parece que gostariam de ver o Santo Ofício instalado na praça dos Três Poderes.

E a Dilma? Em algumas áreas, o governo andou pra trás em relação a Lula:  na Cultura, na Comunicação, na Reforma Agrária. É um governo tímido. Mas muito bem avaliado. Nas relações internacionais, Dilma mantem a altivez de Lula. Dá até medo o que seria um governo tucano nessa área.

Nos Estados Unidos, Dilma criticou a política cambial dos EUA e foi direta: a América Latina não aceita mais “Cúpula das Américas” sem a presença de Cuba. A próxima, na Colômbia, será a última sem os cubanos, avisou a Obama. Os jornalistas pediram detalhes à presidenta. E aí vejam o que aconteceu, na descrição do “insuspeito” O Globo:

“perguntada se o Brasil fez um pedido formal para que Obama aceitasse Cuba no próximo encontro dos chefes de Estado, Dilma afirmou:  — O que houve foi a constatação de que todos os países (da América Latina) têm relação com Cuba e, portanto, esta é a ultima cúpula em que ela não participaria. Esta é a posição unânime (na região).
Questionada sobre a resposta de Obama, Dilma retrucou:
— Ele não tem que responder. Isso não é uma pergunta.”
 Acho que deu pra entender, né?

E a bandidagem continua a me atacar

Calunista de um jornal de Foz do Iguaçu, algumas pessoas via facebook e uns emails mal escritos ainda chegam a minha caixa, tudo porque critiquei a postura da imprensa da tríplice fronteira.

Não apenas a imprensa, pois os blogueiros da cidade travam guerras pessoais.

Primeiro, querem ter mais acessos que outros blogs. Segundo, porque os blogs são usados apenas para ataques pessoais. Nada de falar sobre problemas da cidade e, principalmente, soluções.

Enfim, o blog é de cada um e cada um sabe o que faz com o seu próprio espaço.

Porém os ataques que venho sofrendo, e diga-se de passagem me divirto muito com isso pois a mentalidade destes que atacam não passam dos 15 anos, são simplesmente sem sentido.

Quando eu falei que Foz é uma terra de bandidos, eu quis expor que a segurança local( isso inclui responsabilidade Federal pois é cidade de fronteira) é de média para medíocre.

Veja isso

http://especiais.universia.com.br/brasil2014/destaque/criminalidade-no-brasil-ainda-e-endemica-segundo-oms

Proporcionalmente, Foz é mais violenta do que Rio de Janeiro. Claro,levaremos em consideração que é uma cidade de fronteira, com o Paraguai e por onde entra 90% da maconha traficada no Brasil.

Outra, quando se tem uma fiscalização que só trabalha em estado de greve(irônico,mas real), realmente a cidade fica fadada ao bandidismo.

Além disso, quando algum policial corrupto é denunciado, o denunciante(no caso o redator deste blog) sofre ameaças por conta disso, inclusive de blogueiros ligados ao policial corrupto.

As coisas começaram a ficar mais claras. Com a queda do escrivão que denunciei, foram feitas escutas telefônicas - inclusive existem fortes indícios que meu telefone havia sido grampeado segundo minha advogada - mais cabeças irão rolar.

Dentre as cabeças que podem rolar, fortes indícios levam uma rede de acobertamento de crimes, lideradas por um blogueiro que tem um domínio médio da política local. As chantagens feitas pelo mesmo, que atente pelo codinome de um cantos famoso já falecido, foram encaminhadas para a corregedoria da polícia civil de Foz do Iguaçu, onde meu depoimento e minha denúncia foi feita.

Em suma, sai da cidade com a sensação de dever cumprido. Derrubei com uma denúncia um escrivão bandido e os emails que ando recebendo do bandido mor peso pesado e PHOPHO estão sempre sendo encaminhados para a advogada.

Em breve, mais resultados e  quem sabe, mais condenações à vista.

Nota do Blog - enquanto esses mesmos blogueiros reclamam e brigam por mil acessos mensais, este mesmo blog recebeu, apenas esse ano, 24 mil acessos, com uma média de seis mil leituras mensais. Obrigado pela confiança. Credibilidade se constrói assim.

Contador Grátis