domingo, 8 de julho de 2012

PSDB apoia golpe no Paraguai e assina atitude contra democracia


O líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PSDB-PR) foi ao Paraguai dar total apoio ao golpista
Frederico Franco, que está no lugar do presidente eleito Fernando Lugo. O parlamentar brasileiro avisou ao líder do governo, ilegítimo sob o ponto de vista da comunidade internacional, que vai lutar contra a decisão de suspender Assunção do Mercosul.

Isso mostra que o PSDB é sim, contra a democracia e que pelo partido,seria ótimo se isso ocorrece no Brasil. O PSDB, que está sem rumo desde que perdeu no segundo pleito de Lula, parece atirar para todos os lados.

O PSDB está cada vez mais caindo na própria armadilha. “Se os advogados do PSDB considerarem que é possível, vamos ao Supremo, pois o nosso partido repudia o fato de alguns países não reconhecerem a posição majoritária do parlamento paraguaio, referendada pela Suprema Corte, e também as sanções que representam uma afronta à soberania do país. Consideramos a represália no Mercosul uma afronta à soberania paraguaia. Cada nação deve decidir sobre seu destino, e o Congresso é a sua representação mais popular”, afirmou Dias, segundo registro publicado em sua página na internet.

É, e é isso que está tentando entrar na presidência, junto com Aécio Neves. Ainda bem que o Brasil está mais racional, e essa corja de bandidos não pisará na presidência por um bom tempo...

com informações da Rede Brasil Atual

Nenhum comentário:


Contador Grátis