terça-feira, 4 de setembro de 2012

Serra descendo à serra

Serra em seu escritório de campanha

O candidato do PSDB em São Paulo, José Serra, está cada vez mais em declínio nessa campanha eleitoral. Em debate realizado ontem, organizado pelo jornal que o apoia descaradamente Folha de SP e a RedeTV, Serra mostrou-se mais despreparado que nunca para o pleito.

No debate, até Gabriel Chalita, que já foi secretário estadual de educação do próprio PSDB, deixou o maníaco da Mooca mais sem graça que comida vegana. Chalita o questionou sobre o fechamento das escolas em tempo integral, e Serra rebateu dizendo que ele faltava com a verdade. Chalita, experiente e muito bem treinado, deu um tapa na cara do careca em forma de palavras. "Não posso ser chamado de mentiroso. Quem disse que não conhecia Paulo Preto [acusado de desviar doações para a campanha de Serra em 2010] não fui eu. Quem disse que não nomeou Aref [pivô de escândalo da gestão Kassab] não fui eu. Quem disse que não sairia da prefeitura não fui eu, me respeite".

Fernando Haddad foi certíssimo no debate. Falou de propostas e evitou ataques diretos, assim como também Russomano agiu.

Serra entrará ainda mais em desespero quando, na próxima semana, sair a nova pesquisa. E tudo indica que o candidato PTista ultrapasse Serra. Serra aparecerá com 16% e Haddad com 18%.

A pesquisa já é entendida pelo Tucano. E, em mais uma gafe – dentre milhões em sua campanha- ele falou sobre o alto índice de rejeição que sofre. “Isso porque todo mundo me conhece”, afirmou. Claro, quem o conhece sabe muito bem que tipo de caráter esse candidato tem. E quem o conhece de verdade, conhece como gestor, o rejeita. Isso, ninguém pode discordar dele. 

Nenhum comentário:


Contador Grátis